29 de nov de 2012

Deixa fluir!



Tentando fazer fluir algum texto com sentido..
Todos os textos que escrevo não fazem muito sentido depois que os leio.. Dia desses recebi um incentivo para “libertar meu eu lírico” e deixar fluir esse dom que tenho com as palavras.. Sim, eu adoro escrever.. pra mim..

Não é egoísmo nem nada parecido, é ficar muito preocupada com que as pessoas vão pensar, e o pior.. É a minha eterna exigência pelo perfeito.. pela minha excelência.

Comparo os textos aos meus relacionamentos.. Nos relacionamentos também funciona assim.. essa tão querida perfeição não existe, então pra que perseguir tanto?
Então me dou por conta que vez ou outra, agente tem que deixar fluir.. Assim como em meus textos, assim como quando eu escrevo e tento achar as melhores colocações e palavras pra expressar meus sentimentos, as vezes não há o que corrigir, mas mesmo assim eu insisto..

Dessa vez não insisti, deixei meu sentimento levar o texto aonde for...

Vou tentar deixar fluir.. porque as vezes a perfeição que eu tanto busco, esse equilíbrio que luto pra conseguir diariamente entre os muitos papéis que tenho em sociedade baunilha, e no BDSM, ás vezes só vou encontrar deixando que as coisas aconteçam...
Só um texto com um pouco de desabafo ...

"A vida é arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida"


Dica de Filme: Cisne Negro




2 comentários: